Quem sou eu

Minha foto
Coach com formação reconhecida pela European Coaching Association, Behavioral Coaching Institute, Global Coaching Community e International Assication of Coaching, graduado em Processos Gerenciais e graduando em Psicologia. Co-autor do livro “’Coaching para alta performance e excelência na vida pessoal.” Atuou em empresas como Itautec, SESI e Connex. Presta consultorias e palestras com foco em Coaching de Carreira e Coaching Financeiro.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Tem quem não gosta

Tem quem não gosta do que escrevo, aliás, desconfio de quem possa ter sido o responsável pela saída do blog do ar, durante dois dias do mês passado. Tenho recebido alguns ataques pessoais de um funcionário público, servidor da FATMA, cujo nome não vou citar, por motivos óbvios. Essa não é a primeira vez que descontentes tentam me calar, antes disso um vereador da nossa cidade, em tom de ameaça, tentou me intimidar. Azar o deles, meus espírito livre, consciência crítica e ar zombeteiro, vão continuar incomodando, pois vivemos numa democracia e servidor público é pago por nós, somos os seus empregadores, nos devem respeito e gratidão, sejam eles da FATMA ou um vereador eleito. Trabalhem e cumpram seu papel, que nós, cidadãos conscientes, nos calamos, mas não esperem nossa omissão diante de fatos que prejudiquem a sociedade!

3 comentários:

La Vanu disse...

Picuinhas meu caro...picuinhas...continua denunciando aí que um dia a coisa engrena...tu viu que tão querendo mandar money pra Grande Rio por causa do incêndio? É por causa q eles iam homenagear a Ilha da Magia vissi? A Pontsi Hercilio Lux, as bruxa, as rendera...os isgoto e os mangue sem caranguejo não...disso não se fala num tem?

Anônimo disse...

Bom dia!
O que houve Renato? Vai ficar calado? Manda "brasa aí mano". Seus leitores desejam informações, pesquisa de preços, e tudo mais que só vc sabe fazer...
Um grande abraço e sucesso!

Paulo Tempo disse...

Continue fazendo esse belo trabalho de serviço a sociedade Renato. Sempre haverá quem o critique. Em nossas manifestações pelo transporte coletivo, recebemos também muitas represarias da polícia, que não mede esforços ao atirar em estudantes que lutam por um ideal. Mas afinal, quem manda nos policiais né! Lutemos então!

Abraço!